Quinta, 09 de Dezembro de 2021
21°

Muitas nuvens

Goiânia - GO

Saúde Cultivando o Amor

Agricultores de Rio Verde podem ser heróis do campo com Projeto Cultivando Amor

Por meio da ação, a Verde, empresa de tecnologia agrícola, doará parte dos lucros obtidos na venda de K Forte® ou BAKS® para o Hospital do Câncer.

19/10/2021 às 17h09 Atualizada em 19/10/2021 às 17h26
Por: Redação AQG Fonte: Media Relations
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O setor agrícola é uma das forças que impulsiona a economia brasileira. Segundo a Confederação Nacional de Agricultura, em 2020 o setor foi responsável por quase 27% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. A organização projeta ainda um crescimento de 2,5% para o agro em 2021.

Mas não é somente na economia e na produção de alimentos nutritivos que os agricultores podem ajudar o Brasil. A união dos agricultores brasileiros em prol da sociedade brasileira pode ajudar muitas pessoas, através de instituições de saúde e educação, fazendo deles verdadeiros heróis.

É isso que o Cultivando Amor quer possibilitar para Rio Verde. A iniciativa da Verde surgiu do desejo de colaborar com o bem-estar social dos habitantes. Saiba como funciona o projeto.

Projeto Cultivando Amor: plantando sementes para um futuro melhor

Para cada hectare que os agricultores de Rio Verde cultivarem utilizando o BAKS® ou o K Forte®, a Verde irá doar parte dos lucros com a venda dessas tecnologias para o Hospital do Câncer no município. A ação conta com o apoio do Sindicato Rural de Rio Verde.

O Hospital do Câncer de Rio Verde - Fundação Cristã Angélica, é uma instituição privada e filantrópica que oferece atendimento hospitalar geral e serviços de saúde para 18 municípios no entorno de Rio Verde, na região sudoeste de Goiás. São atendidas em média 500 pessoas por dia e em torno de 1 milhão de moradores da região tem acesso aos serviços. A Fundação atende através do SUS, porém também oferta exames de forma particular.

Com a necessidade de entregar um serviço com mais qualidade e amplo, onde consiga receber mais pacientes e oferecer o tratamento oncológico pelo SUS, o Hospital do Câncer tem o sonho de tornar a Fundação em um Hospital Regional de Referência em Tratamento do Câncer. Para alcançar este objetivo, a instituição está realizando a construção do prédio da quimioterapia e mais 30 leitos. Iara Alonso, superintendente executiva, conta um pouco de sua expectativa para o Cultivando Amor:

Com essa doação iremos transformar vidas, diminuindo as distâncias e unir as famílias, hoje as pessoas que precisam de tratamento quimioterápico percorrem longos caminhos e normalmente se encontram sozinhas. Nossa missão é levar saúde, com humanização para que o paciente possa ter uma experiência de conforto e cuidado, e o projeto Cultivando Amor pode tornar esse caminho mais curto e seguro com a sua doação.”

Como o agricultor pode ajudar a melhorar ainda mais a vida das pessoas?

Além de contribuir com a economia local e do país, ao participar do Projeto Cultivando Amor, os agricultores do município podem melhorar ainda mais a vida das famílias atendidas pelo Hospital do Câncer.

As lavouras do município, nutridas com K Forte® ou BAKS®, garantem as doações suficientes para arcar com:

-Despesas mensais de manutenção do hospital: 66.666 hectares de soja ou milho;

- Construção da ala de quimioterapia: 400.000 hectares de soja ou milho

Assim, os agricultores unidos, além de contribuir para a economia local e do país, podem ajudar as pessoas atendidas pelo Hospital do Câncer. É essa união que constrói um mundo melhor, que ajuda a melhorar a vida de todas as pessoas e a do Planeta.

Em 2020, o Projeto Cultivando Amor foi realizada na cidade de Patrocínio-MG e os resultados foram um sucesso, ajudando no funcionamento do Hospital do Câncer de Patrocínio, referência no tratamento oncológico da região e garantindo o acesso da população a um tratamento de qualidade na luta contra o câncer.

Além de melhorar a vida das pessoas, utilizar o BAKS® e o K Forte® melhora a qualidade e produtividade da lavoura

Os fertilizantes BAKS® e K Forte® são substitutos do Cloreto de Potássio (KCl), fertilizante mais utilizado como fonte de potássio pelos agricultores. O KCl conta com 47% de cloro em sua composição, sendo que estudos apontam que adubar uma lavoura com 200kg de KCl é equivalente a despejar 600 litros de água sanitária no solo, que o torna menos fértil e produtivo. Isso porque, o cloro em excesso mata a microbiota benéfica do solo.

Atualmente, o Brasil é o maior importador e segundo maior consumidor mundial de potássio, o que coloca o país vulnerável à inflação da comodity, sendo que mais de 80% do mercado de distribuição do fertilizante KCl é controlado por Canadá, Rússia e Bielorrússia.

O valor do potássio vem subindo desde o início de 2021. Em fevereiro, o KCl chegava ao Brasil por volta de U$270,00/tonelada. Para o terceiro trimestre, as ofertas para carregamento em agosto já estão acima de U$685/tonelada, considerando os preços no porto. Optar por fertilizantes nacionais é uma maneira de se proteger deste cenário.

Os produtos da Verde são fabricados no Brasil, valorizam o que o país tem a oferecer e são uma opção para os agricultores ficarem menos dependentes de insumos importados.

Seja um herói do campo

Participar do Projeto Cultivando Amor é ser um herói do campo, produzindo alimentos mais nutritivos e melhorando educação e saúde para os moradores da sua região! A ação vai até o dia 31 de dezembro de 2022.

Os produtores interessados em participar dessa ação do bem podem realizar o seu cadastro no site: www.campanhacultivandoamor.com ou entrar em contato pelo telefone: (31)99585-0587

Rio Verde - GO
Sobre o município Notícias de Rio Verde - GO
Goiânia - GO Atualizado às 04h32 - Fonte: ClimaTempo
21°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 30°

Sex 31°C 19°C
Sáb 31°C 20°C
Dom 30°C 20°C
Seg 27°C 20°C
Ter 28°C 23°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Anúncio