Quinta, 09 de Dezembro de 2021
21°

Alguma nebulosidade

Goiânia - GO

Entretenimento Banda goiana

Banda goiana lança novo álbum autoral com mistura de ritmos e pegada ‘good vibes’

Segundo EP da Mustache Records leva o nome de Ninguém Vai Te Segurar e traz uma mistura de rock, reggae, samba e rap

19/10/2021 às 19h02
Por: Redação AQG Fonte: Olho Comunicação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

É inegável o poder que a música tem de influenciar no nosso estado de espírito. Além de trazer muitas memórias à tona, ela é capaz de despertar emoções e causar as mais diferentes sensações. E, em tempos difíceis, acaba ganhando ainda mais sentido para algumas pessoas. E foi justamente pensando em levar positividade e proporcionar uma sensação de paz de espírito que a banda goiana Mustache Records trabalhou em seu mais novo álbum autoral, intitulado Ninguém Vai Te Segurar.

Com quatro anos de trajetória, a banda já é dona do EP “Eu Vou Plantar”, lançado em dezembro de 2020 e que contabiliza cerca de 30 mil visualizações nos quatro clipes disponibilizados em seu canal no YouTube. Formada por Victor Augusto (vocal), Artur Tamandaré (vocal/guitarra), Nathan Moisés (vocal/guitarra), Matheus Mandruvas (baixo), Thales Mortoza (bateria) e Luciano Lulu (trompete), a Mustache Records tem entre suas referências musicais nomes como Sticky Fingers, Ocean Alley, Lagum, Big Up e Charlie Brown Jr e se define como uma banda de reggae e rock “good vibes”.

Neste segundo EP, que já está disponível nas plataformas digitais, o grupo segue na mesma pegada, mas agora misturando o rock e o reggae com o samba e o rap. “Estamos indo na contramão do que é mais ouvido em nosso estado, mas trabalhamos duro e com muito amor nesse projeto. Acreditamos que podemos fazer diferença na vida das pessoas com nossas mensagens positivas. Por mais que alguém esteja em um dia difícil, esperamos que ela possa melhorar seu estado de espírito ao ouvir nossas músicas, nem que seja apenas naquele momento”, conta Artur Tamandaré.

O álbum Ninguém Vai Te Segurar traz seis faixas autorais. A maioria foi construída em conjunto, tanto no que diz respeito à letra quanto à melodia. Já a criação de arranjos e a produção musical são encabeçadas por Nathan que, além de multi-instrumentista e compositor, também atua como produtor musical. Ele conta que, nesse segundo EP, apenas duas músicas foram produzidas em parceria com um estúdio de Itumbiara, cidade onde ele e Thales residem. “No início desse ano, decidimos ficar totalmente independentes e as outras quatro músicas foram produzidas na minha própria casa, no meu home studio”.

A abertura do novo EP fica por conta da música “Canto Pra Você” que, com o refrão “Eu canto pra você a melodia que acabei de fazer”, narra uma história de amor, desejo e sintonia. A segunda faixa, “On Jack”, faz referência à uma viagem que o grupo fez para a Praia do Rosa, em Santa Catarina, e à paz de espírito que lá sentiram. Logo em seguida, vem “Ninguém Vai até Segurar”, que dá título ao EP. “Esta é a nossa canção carro-chefe. Um samba rock que fala sobre não desistir dos nossos planos, independente do que digam, e escutar o que diz nosso coração com amor e alegria para termos força para seguir em frente”, conta Victor.

Já a quarta música do novo EP tem o nome de “Doce Simpatia” e trata-se de uma poética e envolvente canção com versos como “vem exalar sua doce simpatia, escreve outra dança nos meus lábios e eu desenho o seu quadril no meu lençol”. Em seguida, vem “A Calma”, que fala sobre purificar a alma, transcender o amor e trazer a calma para vencer os desafios da vida e recomeçar. E para fechar o mais novo lançamento da Mustache Records, vem “Tempos difíceis”, para lembrar que as dificuldades existem, mas passam e que sonhar é o primeiro passo para se tornar realidade.

Nos próximos meses, o grupo planeja trabalhar na gravação dos clipes desse novo EP, mas já adianta que a intenção é não parar mais de produzir suas próprias músicas. “Já estamos escrevendo novas canções para lançar um novo álbum no próximo ano”, revela Matheus.

Sobre a Mustache Records

Apesar de ser conhecida na cena musical alternativa goiana, a Mustache Records começou em agosto de 2017 como uma brincadeira entre Victor Augusto e Artur Tamandaré, que hoje dividem os vocais da banda. Quando o som começou a ganhar força nas festas de amigos, eles passaram a se apresentar em bares junto a outros músicos freelancers, mas logo enxergaram a necessidade de investir em uma formação fixa e profissionalizar o projeto.

Foi aí que os músicos Nathan Moisés, Thales Mortoza, Luciano Lulu e Matheus Mandruvas se somaram ao dueto e o grupo começou a se dedicar à gravação de suas músicas autorais e à produção do primeiro EP. Em 2020, diante da pandemia da COVID-19 e a consequente pausa nos shows, decidiram investir todos seus esforços na “organização da casa”, definindo as funções de cada integrante e trabalhando na captação de agendas de shows e na construção do segundo álbum.

Além das composições autorais, o setlist do grupo também conta com releituras de artistas como Natiruts, SOJA, Planta & Raiz, O Rappa, Charlie Brown Jr, Lagum, Maneva, Raimundos e Cidade Negra, entre outros. “Quem comparece aos nossos shows, consegue sair com a energia lá em cima porque é um show animado e com grande interação com o público”, garante Thales e todos os outros membros da banda de reggae e rock “good vibes” Mustache Records.