Sábado, 26 de Setembro de 2020 16:16
62 99863-8531
Política POLÍTICA

Grampos e corrupção: Assembleia quer ouvir secretário e prepara CPI

Sob forte pressão dos deputados de oposição, Legislativo aprova convite para Rodney Miranda explicar denúncias feitas contra ele por primo de Caiado

04/06/2020 19h04 Atualizada há 4 meses
Por: Kamila Reis Fonte: Mais Goiás
(Foto: Fabrício Moretti / Mais Goiás)
(Foto: Fabrício Moretti / Mais Goiás)

Em uma tarde quente, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira, convite ao secretário estadual de Segurança Pública, Rodney Miranda, para que ele explique a acusação – feita por um primo do governador Ronaldo Caiado (DEM), Jorge Caiado – que ele comanda uma rede ilegal de grampos em Goiás e que desviou R$ 1 milhão do Corpo de Bombeiros.

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) pediu que Rodney fosse convocado, em vez de convidado, mas foi voto vencido. Além disso, anunciou que ainda hoje começará a colher assinaturas para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias contra Rodney.

Deputado Talles Barreto na sessão desta quinta-feira: CPI para investigar denúncias contra Rodney (Foto: Reprodução)

Conheço Jorge há muito tempo. É um dos Caiado tradicionais, de um tempo em que os Caiado não mentiam. Quando ele diz que o secretário pegou R$ 1 milhão dos Bombeiros, alguma coisa tem. Ele disse que o secretário é ‘171, bandido’. Disse que Jorge grampeou Eurípedes Barsanulfo [delegado aposentado, hoje presidente da Agência Goiana de Regulação]. Vamos abrir uma CPI. Estamos falando de desfalque, de fraude. Tenho certeza, pelo perfil do Jorge Caiado, que ele não desmentirá uma vírgula deste áudio”, disse Talles.

O esforço para que Rodney fosse convidado, em vez de convocado, partiu dos deputados Bruno Peixoto (MDB) e Álvaro Guimarães (DEM).

Veja a transcrição do áudio de Jorge Caiado:

 “O secretário Rodney, tudo bem? Aqui é Jorge Caiado e eu quero falar com o senhor o seguinte: o senhor tem que largar de ser cabra safado (e mais uma série de palavrões). Você não vem querer grampear telefone meu, não sou bandido, o senhor me respeita seu filho da #$%&. Então, você está querendo explodir o governo do Ronaldo Caiado. Eu não admito e não aceito. Você fica levando todo mundo na conversa, você é um 171, um safado. E eu não sou Eurípedes não. Eu quebro a sua cara, seu moleque safado. Tá certo? Você que pegou dinheiro do governo, R$ 1 milhão do bombeiro. Você fez um trato e quer explodir o pessoal nosso todinho. Gente da minha confiança. (Palavrões). Você não é homem, você é frouxo, covarde. Marca um lugar que você quer ir, comigo. E chama seus amarra-cachorros, esses ladrãozinhos. Você me respeita (palavrões).”

O deputado Eduardo Prado, que ligou para Jorge Caiado para atestar a veracidade do áudio, disse que são graves as acusações e que a comissão de Segurança Pública da Assembleia, por ele presidida, vai convocar Rodney para depor. “É uma situação problemática. Precisamos saber se essa interceptação é legal, é legítima. Que interceptação é essa?”.

 

Goiânia - GO
Atualizado às 16h05 - Fonte: Climatempo
35°
Alguma nebulosidade

Mín. 19° Máx. 36°

33° Sensação
11 km/h Vento
20% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 37°

Sol
Segunda (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 38°

Sol com algumas nuvens