Quarta, 12 de Agosto de 2020 05:55
62 99863-8531
Cidades TEATRO GOIÂNIA

Símbolo do Art Déco goianiense e da cultura de Goiás

Conheça a história de um dos mais nobres e tradicionais espaços culturais da capital e do estado, inaugurado em 1942 com uma grande festa.

02/08/2020 12h00
Por: Kamila Reis Fonte: Dia Online
Teatro Goiânia é um dos mais nobres e tradicionais espaços culturais da capital e do estado de Goiás | Foto: Carla Falcão
Teatro Goiânia é um dos mais nobres e tradicionais espaços culturais da capital e do estado de Goiás | Foto: Carla Falcão

Era junho de 1942 e o Correio Oficial trazia a seguinte informação: “A inauguração do Cine-Teatro Goiânia vai ser marcada por uma super produção da Metro Goldwyn Mayer, na próxima terça-feira”. O anúncio informava que o Teatro Goiânia, que com o tempo se tornaria o mais nobre e tradicional espaço cultural de Goiânia e do Estado, seria entregue à população. Projetado pelo arquiteto Jorge Félix (que também idealizou o Coreto da Praça Cívica), que o desenhou em estilo Art Déco, o teatro estava sendo construído desde o início de 1940.

No dia 12 de junho o DC-3, avião que trouxe autoridades para o Batismo Cultural da cidade, pousou na pista da Avenida Tocantins, onde hoje está a Praça do Avião, no Setor Aeroporto. Na entrada do Cine-Teatro Goiânia, estava o interventor federal do Estado e quem idealizou a mudança da capital para Goiânia, Pedro Ludovico Teixeira.

Foi no Cine-Teatro Goiânia, que lembra o desenho de um navio, que se realizou o Batismo Cultural de Goiânia. A sessão solene de inauguração teve discursos e também a entrega da chave da cidade ao primeiro prefeito, Venerando de Freitas. Além disso, teve programação cultural que reuniu governadores, intelectuais e ministros. A programação se estendeu até 11 de julho de 1942.

 

A estreia do Teatro Goiânia

Teatro Goiânia em 1942, ano de sua inauguração. Batismo Cultural da cidade de Goiânia teve discursos e entrega da chave da cidade ao primeiro prefeito, Venerando de Freitas | Foto: IBGE

No dia 14 de julho do mesmo ano acontece a estreia do Cine-Teatro Goiânia. E o filme escolhido foi “Divino Tormento”, com Jeannette McDonald e Nelson Eddy. Além disso, na mesma semana, a maior empresa de comédia brasileira – a Companhia Eva Todor – inaugurou o palco com a obra “Colégio Interno”, de Ladislaw Todor.

O Cine-Teatro Goiânia foi pensado para funcionar como cinema e teatro. Porém, o local não oferecia boas condições para apresentações teatrais. As dimensões do palco eram reduzidas e impróprias para a montagem de espetáculos maiores.

Como um cinema, o Cine-Teatro Goiânia atingiu sua melhor fase na década de 40, já que o local contava com aparelho modernos e equipamentos importados. Além disso, mantinha programação de filmes nacionais e estrangeiros, seguindo o que era exibido no eixo Rio-São Paulo. Com o tempo o espaço passou a ser conhecido apenas como Cine Goiânia. Assim, passou a ser ponto de encontro de intelectuais, artistas e personalidades políticas. Ademais, muitos operário também frequentavam o local, já que tinham acesso por um preço diferenciado.

Porém, com o tempo, o espaço foi entrando em decadência e abandono. Assim, surgiam rachaduras nas paredes, problemas no encanamento, cortinas, poltronas e carpetes destruídos. Além disso, camarins e banheiros também já estavam bastante estragados.

 

A primeira grande reforma

No início de 1976, o Cine-Teatro Goiânia foi fechado e passou por uma grande reforma. A principal preocupação era adaptar o prédio para receber peças de teatro. Além disso, foram trocados o telhado, a tubulação, o calçamento e as luminárias internas.

As paredes também receberam tratamento especial dos restauradores, que conseguiram chegar à pintura original. Ademais, cortinas, os carpetes, poltronas e o piso do palco foram trocados.

A reinauguração aconteceu na noite de 15 de março de 1978. A apresentação  que reabriu o teatro foi do Corpo de Baile da Associação de Ballet do Rio de Janeiro.

 

Tombamento e mais reformas

O Teatro Goiânia foi tombado pelo Estado em novembro de 1982. Em 2003, o conjunto urbano de Goiânia foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O tombamento incluiu 22 edifícios (incluindo o Teatro Goiânia, e monumentos públicos. Eles estavam concentrados no Centro da cidade, e também em Campinas, antigo município e atual bairro da capital goiana.

O local também passou por mais reformas, como a que acontece em 1998, quando recebeu 100 novos lugares. Com isso, passou a acolher 836 pessoas. Além disso, outro aspecto desta reforma foi a retirada da antiga lanchonete que funcionava no espaço, o que descaracterizava o projeto original.

Em 2011, passou por nova nova reforma, com mudanças no telhado, na pintura da área externa e na rede elétrica. Além disso, camarins, saídas de emergência e acesso para portadores de necessidades especiais foram reformados, bem como foram instalados novos sistemas de ar condicionado e de sonorização.

Localizado quase na esquina da Avenida Tocantins com a Avenida Anhanguera, duas das avenidas mais famosas e movimentadas do Centro da cidade, o Teatro vinha tendo, nos últimos anos (e antes da pandemia do coronavírus), uma agenda cheia, com shows, concertos de Orquestras, festivais e peças teatrais.

 

 

* As informações do texto são do site da Secretaria de Educação de Goiás.

Goiânia - GO
Atualizado às 05h39 - Fonte: Climatempo
18°
Alguma nebulosidade

Mín. 18° Máx. 31°

18° Sensação
6 km/h Vento
64% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (13/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Sexta (14/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens