Sexta, 30 de Outubro de 2020 17:06
62 99863-8531
Cidades ALTO PARAÍSO

Polícia captura suspeito de estuprar e causar a morte de deficiente mental, em Alto Paraíso de Goiás

Oigna Rodrigues da Silva foi encontrada em casa com ferimentos nos seios, tórax e partes íntimas, de acordo com a Polícia Civil.

19/09/2020 10h16
Por: Kamila Reis Fonte: G1
Oigna Rodrigues da Silva, de 43 anos, foi encontrada com ferimentos graves em Alto Paraíso de Goiás — Foto: Reprodução
Oigna Rodrigues da Silva, de 43 anos, foi encontrada com ferimentos graves em Alto Paraíso de Goiás — Foto: Reprodução

A Polícia Civil capturou nessa sexta-feira (18) um homem suspeito de estuprar Oigna Rodrigues da Silva, de 43 anos, em Alto Paraíso de Goiás. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde teve material genético coletado para perícia e foi liberado.

O nome do suspeito não foi divulgado pela polícia. Portanto, o G1 não localizou a defesa para se manifestar sobre a captura.

O delegado que investiga o caso, José Antônio Sena, diz que o homem, de 40 anos, é o principal suspeito do crime, mas ainda não há elementos suficientes para realizar a prisão, até o resultado do exame apontar se o material genético é compatível com o encontrado no corpo da vítima.

"Ele é suspeito e foi levado para o IML para coletar material genético para fazer comparação. Ele negou a todo momento ser o autor, mas já teve relacionamento com ela, porém ele alegou não ter mais contato com a vítima há dois meses", explicou o delegado.

A mulher tinha problemas mentais e foi encontrada em casa, na quarta-feira (16), inconsciente e com sinais de violência sexual, por uma funcionária do Centro de Referência em Assistência Social (Cras), onde recebia apoio e consultas médicas. Ela foi socorrida por equipes de resgate, mas morreu depois de uma parada respiratória no hospital.

Segundo o delegado, o próximo passo é ouvir mais testemunhas. Uma vizinha da vítima prestou depoimento e relatou não ouvir barulho na residência de Oigna no dia em que o crime aconteceu.

Um laudo preliminar encontrou lesões nos órgãos genitais da vítima, o que indica que houve prática sexual, mas o delegado pondera que um próximo exame realizado com o DNA vai apontar se a relação será tipificada como estupro.

 

Encontrada em casa

De acordo com a ocorrência da Polícia Civil, Oigna tinha ferimentos nos seios, tórax e nas partes íntimas. Ela foi encontrada por uma funcionária do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município, após a paciente não comparecer a uma consulta de acompanhamento.

A funcionária estranhou a ausência de Oigna e decidiu ir até a casa dela no dia seguinte, quando a encontrou caída no chão e com sangue no corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou a mulher até o Hospital Gumercindo Barbosa, em Alto Paraíso, onde foi atendida como vítima de violência sexual, de acordo com a prefeitura.

Oigna foi internada na quarta-feira (16), mas teve paradas cardiorrespiratórias e morreu na manhã de quinta-feira (17), segundo registro da polícia.

 

Ato por justiça

Um grupo de acolhimento e proteção às mulheres na região da Chapada dos Veadeiros, o Moviment.A.colher, organizou um ato na tarde desta sexta pedindo justiça pelo caso. “Nós, mulheres de Alto Paraíso de Goiás, exigimos justiça por Oigna. Não vamos nos calar”, diz um trecho da mensagem.

De acordo com uma das organizadoras, que não quis se identificar, Oigna era conhecida por toda a cidade. Ainda segundo ela, o município tem sofrido com casos recorrentes de tentativas de estupro.

Em nota de pesar, o prefeito da cidade afirmou que repudia “todas as ocorrências de violência física, psicológica e sexual ocorridas no município”.

Um outro ato está marcado para a próxima segunda-feira (21), em frente à prefeitura.

Grupo organiza ato pedindo justiça por morte de mulher em Alto Paraíso de Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

 

Goiânia - GO
Atualizado às 16h57 - Fonte: Climatempo
26°
Muitas nuvens

Mín. 20° Máx. 27°

27° Sensação
7 km/h Vento
74% Umidade do ar
90% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (31/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 26°

Chuvoso
Domingo (01/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva