Quinta, 03 de Dezembro de 2020 07:27
62 99863-8531
Cidades APARECIDA DE GOIÂNIA

Jovem morto por agulha de narguilé e namorada tinham histórico de agressões mútuas, diz delegado

Em depoimento, Nicole Maria alegou que matou o namorado ao se defender durante uma briga por causa de um pastel de feira, em Aparecida de Goiânia.

27/10/2020 09h19
Por: Kamila Reis Fonte: G1
Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante discussão por pastel de feira, em Aparecida de Goiânia — Foto: Arquivo pessoal
Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante discussão por pastel de feira, em Aparecida de Goiânia — Foto: Arquivo pessoal

Quase no fim da investigação sobre a morte de Adailton Gomes Abreu, de 24 anos, o delegado responsável pelo inquérito, Eduardo Rodovalho, informou nesta segunda-feira (26) que, segundo novos depoimentos de testemunhas, o casal tinha um histórico de agressões mútuas, ou seja, tanto o jovem quanto a namorada se agrediam fisicamente constantemente.

A então namorada de Adailton, Nicole Maria, de 19 anos, é suspeita de matá-lo com uma agulha de narguilé durante uma discussão por causa de um pastel de feira. O crime aconteceu no dia 18 de setembro na casa dela, no residencial Village Garavelo, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

A família de Nicole informou nesta segunda-feira (26), por meio de mensagem, que ela "não vai se pronunciar sobre o assunto neste momento".

A mãe de Adailton, Maria das Graças Gomes de Abreu, alega que o filho nunca agrediu a namorada. “Meu filho gostava tanto dela, nunca tocou a mão nela. Toda vez que ela o colocava para fora de casa, eu ia buscá-lo. Toda vez ela o humilhava”, complementa a mãe.

Porém, as revelações de agressões mútuas foram coletadas pela polícia em depoimentos recentes, de pessoas que o delegado esperava ouvir para terminar a investigação. Segundo Rodovalho, falta analisar os laudos periciais elaborados pela Polícia Técnico-Científica, que vão trazer informações precisas sobre as circunstâncias da morte.

"Tivemos novidades sobre o convívio do casal, que era muito tumultuado e com histórico de agressões mútuas. A jovem pode ser indiciada por homicídio simples e, no momento, não vou pedir a prisão preventiva dela porque é réu primária e se apresentou espontaneamente à delegacia. Ela vai responder em liberdade", explica o delegado.

Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante discussão por pastel de feira, em Aparecida de Goiânia — Foto: Arquivo Pessoal

No início de outubro, o investigador descartou a presença de outra pessoa no local do crime, como suspeitava a família da vítima.

Maria das Graças diz ainda que a versão de Nicole Maria, de que o namorado usou um narguilé quebrado para atacá-la, não seria verdade porque o aparelho estaria intacto. Já o delegado Eduardo Rodovalho disse ter encontrado vários narguilés na cena do crime e que alguns estavam danificados.

 

Depoimento da namorada

Para a Polícia Civil, a jovem disse que o namorado havia ido para cima dela com um narguilé quebrado e, para se defender, acabou o atingindo com a agulha. A jovem disse ainda aos policiais que ficou desesperada na hora, pois não "esperava isso".

“Foi em um momento em que o casal discutia. Ele estava com o narguilé quebrado, foi para cima da investigada, sua companheira. Houve uma reação, ela pegou uma outra parte desse narguilé e teve a perfuração. Ele já caiu e ela ficou desesperada”, conta o delegado.

Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante discussão por pastel de feira, em Aparecida de Goiânia — Foto: Arquivo pessoal

 

Causa da morte

De acordo com a polícia, inicialmente, havia uma suspeita de que Adailton teria passado mal e sofrido um infarto. Porém, depois, a equipe notou a perfuração com a agulha, a qual é usada para furar o papel alumínio que encobre o carvão e, assim, ocorrer a liberação de calor para aquecer a essência do narguilé.

Segundo o delegado, o jovem foi atingido por uma única perfuração no mamilo esquerdo, na base do coração. "A lesão foi única, certeira e fatal. Ele agonizou por pouco tempo e depois já veio a óbito", disse o investigador.

Goiânia - GO
Atualizado às 07h16 - Fonte: Climatempo
22°
Alguma nebulosidade

Mín. 20° Máx. 32°

22° Sensação
17.8 km/h Vento
83% Umidade do ar
67% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (04/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (05/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.