Domingo, 29 de Novembro de 2020 12:55
62 99863-8531
Geral PROCON

Procon autua 12 agências bancárias por má prestação de serviço em Goiânia

Instituições financeiras desrespeitaram tempo máximo 20 minutos de espera na fila

20/11/2020 13h01
Por: Kamila Reis Fonte: G1
O Procon Goiás autuou, nesta semana, 12 agências bancárias por má prestação de serviço e demora em filas em Goiânia. (Foto ilustrativa/João Paulo Alexandre)
O Procon Goiás autuou, nesta semana, 12 agências bancárias por má prestação de serviço e demora em filas em Goiânia. (Foto ilustrativa/João Paulo Alexandre)

O Procon Goiás autuou, nesta semana, 12 agências bancárias por má prestação de serviço em Goiânia. Entre as irregularidades está o tempo de espera dos clientes nas filas, que tem superado o máximo de 20 minutos estabelecido em lei. A fiscalização continuará até o final de novembro e visa verificar, ainda, se as instituições financeiras têm cumprido protocolos de combate e prevenção ao novo coronavírus.

Até o momento, a equipe de fiscais do órgão visitaram 19 agências na capital. Destas, 12 foram autuadas com base na Lei Municipal nº 7.867, de 1999, que determina que as instituições coloquem à disposição dos usuários número suficiente de funcionários para que o atendimento seja feito de forma eficaz.

O tempo máximo de espera na fila em Goiânia em dias normais é de 20 minutos. Na véspera e após feriados, bem como em dias de pagamento do funcionalismo público, o tempo limite é de 30 minutos. O valor da multa em caso de desrespeito varia de R$ 20 mil a R$ 40 mil. Os nomes dos locais autuados não foram divulgados.

Os agentes verificaram, ainda, se as agências estão respeitando às orientações das autoridades de saúde sobre o distanciamento de cerca de 2 metros entre as pessoas e as regras de atendimento prioritário. Eles também fiscalizam a Recomendação Conjunta 02/2020 que prevê o cumprimento de medidas, por parte das agências bancárias e lotéricas, para evitar as aglomerações durante a pandemia. O documento é assinado pelo Procon Goiás, Defensoria Pública (DPE-GO), Ministério Público (MP-GO) e Ministério Público Federal (MPF-GO).

De acordo com o órgão, já foram acolhidas 333 denúncias e reclamações do início do ano até agora, por problemas relacionados à má prestação de serviço por parte dos bancos. O número é resultado, principalmente, do tempo e da condição de espera gerada pela pandemia da Covid-19, devido ao distanciamento entre os clientes, que, muitas vezes, precisam aguardar do lado de fora da agência.

 

Reclamações e Denúncias

O Procon ressalta que o consumidor que se sentir lesado ou que flagrar alguma irregularidade por parte dos bancos deve entrar em contato com o órgão através dos seguintes canais de atendimento:

Denúncias: 151 (Goiânia) ou (62) 3201-7124 (interior)

Reclamações: Consumidor.gov (www.consumidor.gov.br) ou Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br)

 

Goiânia - GO
Atualizado às 12h41 - Fonte: Climatempo
29°
Nuvens esparsas

Mín. 20° Máx. 32°

28° Sensação
11 km/h Vento
40% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Terça (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens