Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 20:43
62 99863-8531
Saúde & Bem Estar VACINAÇÃO

Goiânia realiza imunização contra vírus respiratório em bebês

Segundo a Secretaria de Saúde, ele é um dos maiores causadores de doenças respiratórias em crianças com até 2 anos de vida. Bebês devem receber cinco doses do medicamento.

18/02/2021 06h52 Atualizada há 1 semana
Por: Kamila Reis Fonte: G1
Medicamento contra o vírus sincicial respiratório (VSR), em Goiânia, Goiás — Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia
Medicamento contra o vírus sincicial respiratório (VSR), em Goiânia, Goiás — Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia

A Secretaria Municipal de Saúde realiza nesta quinta-feira (18) a primeira etapa de imunização de bebês contra o vírus sincicial respiratório (VSR). De acordo com o órgão, ele é um dos maiores causadores de doenças respiratórias em crianças com até 2 anos de vida.

A prevenção é feita com o anticorpo Palivizumabe. A aplicação ocorrerá de 8h às 11h, na Farmácia de Medicamentos Especiais, localizada na Rua B, Qd. F, N° 55, Vila Viana. Para não causar aglomeração, as crianças que fizeram o pré-cadastro precisam ser levadas ao local conforme o escalonamento abaixo:

8h: crianças com nomes iniciados pelas letras A a D

9h: crianças com nomes iniciados pelas letras E a H

10h: crianças com nomes iniciados pelas letras I a N

11h: crianças com nomes iniciados pelas letras O a Y

Segundo a gerente de Assistência Farmacêutica da SMS, Karla Roldão, o palivizumabe é uma imunoglobulina, ou seja, é um anticorpo pronto, que, quando administrado em bebês, promove a imunização passiva. Segundo ela, o medicamento é de alto custo, oferecido pelo Ministério da Saúde e aplicado por meio de injeção intramuscular.

A campanha contempla 40 crianças que fizeram a solicitação prévia para o recebimento da medicação, conforme encaminhamento de seus pediatras. Os contemplados receberão cinco doses, de fevereiro a junho.

"A aplicação se dá durante os cinco meses de sazonalidade desse tipo de infecção. Em Goiás, vai de março a julho", pontuou Karla Roldão.

O calendário da próxima dosagem será divulgado em março. A data ainda será definida.

A gerente de Assistência Farmacêutica do órgão ressaltou que esse vírus é bastante comum nessa época do ano - responsável por até 75% das bronquiolites (infecção dos brônquios) e 40% das pneumonias - e causa sintomas similares aos de um resfriado.

No entanto, em bebês prematuros ou com cardiopatias e doenças pulmonares decorrentes da prematuridade, as complicações podem ser graves. "Isso se deve ao fato de o sistema imune não estar maduro, por não ter recebido o aleitamento materno, pelo uso de corticóides", explicou a gerente.

 

-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 20° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (26/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (27/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva