Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 21:12
62 99863-8531
Coronavírus GOIÂNIA

Empresários propõem horário de funcionamento do comércio de 9h às 19h para aliviar o transporte público em Goiânia

Setor defende a manutenção de abertura dos shoppings no horário normal, de 10h às 22h. Novo decreto com restrições na capital pode ser publicado na próxima semana.

20/02/2021 08h11
Por: Kamila Reis Fonte: G1
Passageiros reclamam da falta de ônibus em Aparecida de Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Passageiros reclamam da falta de ônibus em Aparecida de Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Empresários do comércio goianiense sugeriram à Prefeitura de Goiânia mudar o horário de funcionamento do comércio em geral para 9h às 19h, como medida para ajudar no combate a pandemia do coronavírus. O presidente da Federação do Comércio de Goiás (Fecomércio), Marcelo Baiocchi, diz que a proposta também alivia o impacto no transporte público.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), se reuniu nesta sexta-feira (19) com empresários do setor produtivo para estudar as medidas de restrição que devem ser adotadas em decreto na próxima semana. O encontro foi motivado por um estudo do governo estadual publicado nesta semana que colocou a capital na situação crítica da pandemia do coronavírus.

Diante do cenário crítico, o município discute se as medidas propostas pelo governo serão implantadas de forma integral no comércio da cidade. Houve dois encontros nesta sexta-feira: um pela manhã com os empresários e outro à tarde com o comitê de crise da prefeitura. Nesta última reunião, porém, nenhuma nova medida foi definida.

Pela manhã, os empresários apresentaram propostas de horário de abertura e fechamento do comércio para avaliação do prefeito. Veja abaixo algumas sugestões propostas pela Federação do Comércio (Fecomércio):

Manter os shoppings abertos no horário normal (de 10h às 22h);

Manter protocolos sanitários rígidos;

Mudar o horário do comércio em geral para 9h às 19h, para aliviar o impacto no transporte público.

Marcelo Baiocchi diz que os shoppings têm rigoroso controle sanitário e já práticam horário alternativo ao comércio tradicional.

A decisão por não publicar, de imediato, um decreto com restrições vem da necessidade de uma análise da projeção epidemiológica em Goiânia, segundo o secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso.

"Goiânia possui uma dimensão diferente das cidades do interior do estado. Detém mais de 20% da população", explica o secretário.

Shopping no Jardim Goiás, em Goiânia — Foto: Vanessa Martins/G1

Segundo a prefeitura, restrições mais rígidas que a maioria dos municípios foram adotadas na capital, mesmo comparando com as recomendações descritas nas notas técnicas estaduais. Entre elas, o fechamento de bares e restaurantes a partir das 23 horas e o funcionamento de academias e quadras esportivas com 30% da capacidade.

A Vigilância Epidemiológica da prefeitura contabilizou até esta sexta-feira 108.589 pessoas infectadas com o coronavírus e 2.556 mortes decorrentes das complicações do vírus.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, até sexta-feira, haviam sido vacinadas 66.256 pessoas com a 1ª dose. Deste total, 50.671 trabalhadores de saúde, 771 idosos institucionalizados, 2.491 idosos acamados e 12.323 idosos acima de 84 anos.

Idosos são vacinados contra a Covid-19 em Goiânia, Goiás — Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia

 

-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. 20° Máx. 32°

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (26/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (27/02)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva