Quarta, 28 de Julho de 2021 20:46
62 99863-8531
Dólar comercial R$ 5,12 -1.31%
Euro R$ 6,06 -1.09%
Peso Argentino R$ 0,05 -1.36%
Bitcoin R$ 216.077,06 +4.094%
Bovespa 126.285,59 pontos +1.34%
Economia Goiás

Goiás tem melhor junho de abertura de empresas dos últimos cinco anos

No primeiro semestre de 2021, foram registrados 17.321 novos negócios no Estado, o que corresponde a 5.842 CNPJs a mais quando comparado com o mesmo período do ano passado

19/07/2021 15h55
Por: Admin AQG Fonte: Secom Goiás
Foto: Reprodução/Secom Goiás
Foto: Reprodução/Secom Goiás

Goiás registrou o melhor mês de junho de abertura de empresas dos últimos cinco anos. Ao todo, foram criados 2.883 novos CNPJs no Estado, que superam as marcas do mês de 2020, quando foram registradas 2.107 novas empresas, 2019 com 1.631, 2018 (1.676) e 2017 (1.704).

As informações também revelam que junho é o terceiro mês com a maior consolidação de novos negócios registrados desde 2017, estando atrás apenas dos meses de março e maio deste ano, quando foram abertas 3.090 e 2.910 empresas, respectivamente. Os dados foram divulgados pela Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg).

Para o governador Ronaldo Caiado, uma das metas do Estado é apoiar quem queira investir e abrir o seu próprio negócio em solo goiano. “É fundamental promover harmonia entre o Governo do Estado, empresários, industriais e comerciantes para seguirmos no caminho do crescimento”, defendeu.

No primeiro semestre de 2021, foram registradas 17.321 novas empresas no Estado, o que corresponde a 5.842 CNPJs a mais quando comparado com o mesmo período do ano passado, quando fechou os seis primeiros meses com 11.479 novas empresas.

Com isso, Goiás acumula 887.783 empresas ativas em todo seu território, sendo 31,05% ativas em Goiânia; 6,96% em Aparecida de Goiânia e 5,73% em Anápolis. Os dados não incluem os microempreendedores individuais (MEIs), que são constituídos de forma virtual por meio do portal do Micro Empreendedor Individual.

Mais resultados
As principais atividades executadas pelas empresas, no mês de junho, são de predominância de serviços combinados de escritório e apoio administrativo (244), seguido das de construção de edifícios (207) e das atividades de consultoria em gestão empresarial (193).

Segundo o presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, os seguidos recordes de empresas no Estado estão ligados à adoção de tecnologias que buscam simplificar o processo de abertura. “Pela sexta vez, colhemos números positivos neste ano, que superam inclusive os dados dos últimos cinco anos. Resultado de uma junta totalmente digital por meio de um governo eficiente, que investe em tecnologias para trazer retorno ao povo goiano, mesmo em um período tão complicado de pandemia”, ressaltou.

De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, José Vitti, Goiás caminha a passos largos para superar a crise provocada pela pandemia do coronavírus. Ele lembra que todos os indicadores desse primeiro semestre são positivos. E destaca os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), além dos indicadores da indústria e dos números da balança comercial goiana. “Estamos no caminho certo. O governo faz a sua parte e os empresários respondem abrindo novas empresas e gerando empregos e renda”, comentou Vitti.

Dos novos CNPJs consolidados no Estado no semestre, 508 têm capital social que supera a marca de R$ 500 mil. Outro dado referente às empresas consolidadas nos seis meses é que 38,51% têm mulheres em seus quadros societários, o que equivale a 6.671 empresas com chefia feminina.

Fonte: Junta Comercial de Goiás (Juceg) e Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC) - Governo de Goiás

Goiânia - GO
Atualizado às 20h46 - Fonte: Climatempo
23°
Alguma nebulosidade

Mín. 14° Máx. 30°

23° Sensação
22 km/h Vento
50% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Sexta (30/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 28°

Sol com algumas nuvens