Quinta, 23 de Setembro de 2021
29°

Alguma nebulosidade

Goiânia - GO

Saúde & Bem Estar Alopecia: Calvície

Alopecia - Calvície, queda de Cabelos.

Saiba o que é e como tratar. Conheça também o produto aprovado pela ANVISA, O TRIOXIDIL

04/08/2021 às 15h41 Atualizada em 20/09/2021 às 18h18
Por: Admin AQG Fonte: BVS- Ministério da Saúde
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Alopecia ou calvície é ausência, rarefação (os fios se tornam menos numerosos) ou queda, transitória ou definitiva, dos cabelos ou dos pelos, podendo ocorrer de forma local, regional ou total.

A calvície é uma condição que afeta mais os homens, pois a queda dos cabelos está diretamente associada à presença dos hormônios sexuais masculinos, de modo especial à presença da testosterona. As mulheres também produzem esse hormônio, mas em quantidade bem pequena. Por isso, entre elas, os casos de calvície são mais raros e, quando ocorrem, a perda é menos drástica.

O ciclo de vida de cada fio de cabelo é marcado por fases de crescimento, repouso e queda. Por volta de 90% dos nossos cabelos estão na fase de crescimento. Depois de um curto período de repouso, em que para de crescer, o fio cai e, no seu lugar, um novo fio entra na fase de crescimento. Por isso, uma pessoa pode perder entre 50 a 100 fios de cabelo todos os dias, sem risco de desenvolver calvície, por causa desse processo de renovação contínua. O fato é que a duração média de um fio de cabelo, do nascimento até a queda, é ao redor de um ano e meio a dois anos.

As duas principais causas da queda permanente dos cabelos são a hereditariedade e os hormônios masculinos. Ambos promovem o enfraquecimento dos folículos (bulbos) capilares e aceleram a queda definitiva.

A perda dos cabelos pode, ainda, ter como causas: infecções provocadas por fungos ou bactérias; traumas na região capilar; hábitos compulsivos de arrancar os próprios fios de uma determinada área, como cabeça, sobrancelhas ou barba; excesso de oleosidade que provoca a dermatite seborreica; aplicação exagerada de produtos químicos; distúrbios da tireoide; má alimentação e carência de vitaminas; medicamentos; estresse.

Após cirurgias e partos e durante o tratamento de quimioterapia, a perda de cabelo pode ser mais intensa, porém, passageira. Nesses casos, cessada a causa, o cabelo volta a crescer.

Tipos mais comuns de alopecia:

– Androgenética: é uma forma de queda de cabelos geneticamente determinada. Homens e mulheres podem ser acometidos pelo problema, que apesar de se iniciar na adolescência, só é aparente após algum tempo, por volta dos 40 ou 50 anos. Apesar do termo “andro” se referir ao hormônio masculino, na maioria das vezes os níveis hormonais se mostram normais nos exames de sangue. A doença se desenvolve desde a adolescência, quando o estímulo hormonal aparece e faz com que, em cada ciclo do cabelo, os fios venham progressivamente mais finos.

O sintoma mais frequente na alopecia androgenética é o afinamento dos fios. Os cabelos ficam ralos e, progressivamente, o couro cabeludo mais aberto. Nas mulheres, a região central é mais acometida, pode haver associação com irregularidade menstrual, acne, obesidade e aumento de pelos no corpo. Porém, em geral, são sintomas discretos. Nos homens, as áreas mais abertas são a coroa e a região frontal (entradas).

– Alopecia areata: conhecida popularmente como “pelada”, é uma condição caracterizada por perda de cabelo ou de pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo ou em outras partes do corpo (cílios, sobrancelhas e barba, por exemplo). Acomete de 1% a 2% da população, afeta ambos os sexos, todas as etnias e pode surgir em qualquer idade, embora em 60% dos casos seus portadores tenham menos de 20 anos.

Entre as possíveis causas do distúrbio, estão fatores genéticos (quando há outras pessoas na família com o problema), imunológicos (fatores genéticos interagem com fatores ambientais, como o estresse ou a presença de micro-organismos, para disparar uma resposta imunológica que lesa o folículo piloso).

Em alguns casos, a alopecia pode estar associada a enfermidades de natureza imunológica, como tireoidites, diabetes, lúpus, vitiligo, rinites e a outras condições alérgicas.

Tratamento:

Com exceção à queda de cabelos de causa hereditária, nos outros casos, ela pode ser evitada ou retardada, se forem afastados os fatores de risco e introduzidos alguns medicamentos. Porém, há casos em que só o implante de cabelos pode representar uma solução estética para a calvície.

Para a alopecia areata o tratamento não é obrigatório, uma vez que a condição é benigna e tende a regredir espontaneamente, mas costuma ser indicado, porque a alopecia pode causar distúrbios psicológicos importantes. Adultos com menos de 50% de envolvimento do couro cabeludo podem beneficiar-se com a aplicação de injeções locais ou cremes.

O tratamento para qualquer tipo de calvície deve ser indicado e acompanhado pelo médico dermatologista.

Recomendações:

Não use produtos “milagrosos” nem medicamentos por conta própria – pode haver efeitos adversos sérios. Procure um dermatologista ao notar que:

– os cabelos estão caindo mais depressa e em maior quantidade nos últimos meses, ou caem em tufos;

– o couro cabeludo está vermelho, coça muito ou arde;

– a oleosidade está muito acima do normal;

– os sinais de caspa aparecem nas roupas e nos fios.

Fonte: Biblioteca Virtual em Saúde - Ministério da Saúde

Agora que você sabe muito mais sobre a ALOPECIA, talvez seja vítima desse incoveniente da queda do cabelo, o que deixa a auto estima das mulheres muito baixa ou você, homem "morre de medo" de ficar Careca, saiba que existem tratamentos e alguns produtos que realmente trazem resultados, como o que vamos apresentar por analisarmos as características, a fabricação os componentes e os depoimentos reais dos resultados.

CONHEÇA O TÔNICO CAPILAR TRINOXIDIL 15%⠀

NOVA FÓRMULA, MAIS EFICAZ!⠀

- É o único que contém Trinoxidil, um complexo nutritivo de tripla ação desenvolvido por uma equipe de especialistas em cuidados com os cabelos, com ingredientes clinicamente comprovados para reduzir a queda de cabelo e promover o crescimento.

Qual a composição do produto ou Qual os ativos?

O nosso produto pe produzido com nanotecnologia! Ou seja todas as composições estão em uma miniparticula mais fina do que o seu fio de cabelo 100 vezes, ou seja tem um poder de absorção muito maior e muito mais rápido do que qualquer produto de tratamento capilar

Nanoxenol - O Nanoxenol estimula a formação de novos fios, combinado com , estimula na renovação e reestruturação capilar, com fios novos e bem tratados também é responsável de vasodilatar os folículos capilares trazendo a melhora na oxigenação

Nano coppeer peptídeo - O diferencial dos peptídeos de cobre na regeneração tecidual é que eles reduzem a formação de escaras, enquanto estimulam a remodulação das camadas da pele. ... Eles auxiliam na reparação da área prejudicada estimulando a oxigenação na área e estimulando o crescimento de novos fios.

Extrato de Jaborandi - O Extrato Glicólico de Jaborandi é estimulante celular; ativador da produção de secreção; restaurador de tecidos e tônico capilar. Estimula o couro cabeludo, melhora o brilho e trata a queda do cabelo.

D-PANTENOL é um ingrediente dermocosmético sofisticado, utilizado na pele, cabelos e unhas. ... Nos cabelos, age como um hidratante de longa duração, capaz de prevenir danos, conferir brilho e aumentar a espessura dos fios.

TÔNICO CAPILAR TRINOXIDIL 15%⠀- NOVA FÓRMULA, MAIS EFICAZ!⠀

HOMENS⠀- CABELO⠀- BARBA⠀- BIGODE⠀- SOBRANCELHA⠀

MULHERES⠀- CABELO⠀- SOBRANCELHA⠀

CERTIFICADO PELA ANVISA

Nosso produto é avaliado como 100% seguro e eficaz para o uso da população. Sendo produzido e comercializado dentro dos critérios legais e de segurança estabelecidos pela ANVISA, sendo um tipo de garantia pra você, consumidor, que adquire esse produto, sabendo que foi testado e aprovado. Nosso produto está inscrito no processo 25351911634/2020-92, Aut.Func 2.05699-5.

Goiânia - GO Atualizado às 23h09 - Fonte: ClimaTempo
29°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 38°

Sex 37°C 23°C
Sáb 36°C 21°C
Dom 34°C 20°C
Seg 35°C 20°C
Ter 35°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Anúncio